Dias mãeores

um blog de mãe para recuperar o tempo perdido em dias sempre mais curtos que o desejado

segunda-feira, maio 16, 2005

Amigos II



"Eu matar não gosto muito,
mas saudades é diferente,
é como matar pulgas,
alivia a gente."

Sérgio Godinho


Que me perdoem os meus amigos que, apesar de fresquinhos e bem conservados, há muito tempo que não mato as saudades que deles tenho.

4 Comments:

  • At 17 maio, 2005 12:12, Anonymous São said…

    Mote irresistível, o teu. Porque "amigos" e "frio" são palavras que não rimam no meu alfabeto afectivo. Quanto ao "perdão", é vocábulo traiçoeiro: quase sempre o que o pede dá voz a pessoais e alheias desatenções. Expia culpas plurais e dá provas de ser humilde e amante do seu amigo.
    Também eu revisitei baús antigos recentemente. E que surpresa, que deslumbrante arquitectura de memórias lá fui encontrar...
    Saudades de dias maiores.
    Beijo-te muito

     
  • At 17 maio, 2005 21:17, Blogger manamagana said…

    Amiga do coração! Bem que eu te suspeitava aí, nos bastidores das coisas. Tenho saudades tuas e dos muitos baús que já abrimos e fechámos em conjunto.

     
  • At 17 maio, 2005 21:21, Blogger manamagana said…

    Drecas?!!! Eu sei que me visitas com pézinhos de lã no sussurro da penumbra. Que saudades das trocas escritas quando a blogosfera da liberdade absoluta era para nós um saco-boi! (um outro baú!!!)

    Não te queres revisitar também?

     
  • At 18 maio, 2005 10:52, Anonymous ogra said…

    ...mas se abrirmos o baú-boi estragamos o mote do Godinho, porque vamos ressuscitar montes de pulgas pululantes...

     

Enviar um comentário

<< Home