Dias mãeores

um blog de mãe para recuperar o tempo perdido em dias sempre mais curtos que o desejado

quinta-feira, julho 21, 2005

As palavras



São como um cristal,
as palavras
Algumas, um punhal,
um incêndio.
Outras,
orvalho apenas.

Secretas vêm, cheias de memória.
Inseguras navegam;
barcos ou beijos,
as águas estremecem.

Eugénio de Andrade


Que memórias, temores e expectativas nos trará esta na sua arte de iludir?

3 Comments:

  • At 21 julho, 2005 12:08, Anonymous Anónimo said…

    E o que é a ilusão? O facto ou a sombra por ele projectada?
    Será real o reflexo da luz, e será ilusório o negrume da penumbra?
    Será «ilusão» uma palavra sólida ou apenas uma brincadeira da luz?

     
  • At 21 julho, 2005 13:57, Blogger Ahraht said…

    Tudo é ilusão porque nada é permanente.

     
  • At 21 julho, 2005 20:00, Anonymous Paimica said…

    O que vemos, ouvimos, lemos, cheiramos e sentimos será real ou são sensações virtuais que o nosso cérebro produz?

     

Enviar um comentário

<< Home