Dias mãeores

um blog de mãe para recuperar o tempo perdido em dias sempre mais curtos que o desejado

quarta-feira, outubro 26, 2005

águas claras









(expo, outubro 2005)

4 Comments:

  • At 26 outubro, 2005 11:25, Anonymous Paimica said…

    Quando se pretende identificar e separar conceitos, opiniões, acções, atitudes, é comum dizer-se: "É preciso separar as águas". O que certamente pressupõe afastar as turvas das límpidas, as contaminadas das puras. No caso destas fotografias, para além de serem deslumbrantes e sensitivas, as águas estão geometricamente separadas, na côr, na forma e na sensação. Quem nos dera, poder fazer o mesmo mo campo das ideias, dos conceitos, das acções e das atitudes. Ou seja separar as águas...
    Bjs

     
  • At 26 outubro, 2005 14:41, Blogger jordi said…

    Pois, e águas "separadas" não movem moinhos, assim como peixe não puxa carroça, que há quem ponha à frente dos bois, e então dá-se com os burrinhos "nas águas", que por vezes têm de ser separadas, que não movem moinhos, assim como peixe não puxa carroça...

     
  • At 27 outubro, 2005 11:48, Anonymous mãezita said…

    Ó Jordi,
    nunca pensaste em consultar um médico?

     
  • At 05 novembro, 2005 01:10, Blogger x said…

    Que fotos giras!!!

     

Enviar um comentário

<< Home