Dias mãeores

um blog de mãe para recuperar o tempo perdido em dias sempre mais curtos que o desejado

quinta-feira, maio 25, 2006

Feliz dia da espiga Dona Adélia!



Quando era pequena o dia da espiga tinha um cheiro especial a mato e a campo das caminhadas feitas com a minha avó na recolha das papoilas, malmequeres e espigas que integravam o raminho anual.

De tanto ouvir as histórias da minha avó sobre as saídas e piqueniques na quinta-feira da espiga, onde em bandos sorridentes as moças casadoiras da terra podiam passar um dia com os seus pretendentes (sempre com pau-de-cabeleira claro está), habituei-me a associar o dia e o raminho que apanhávamos com as fotografias a preto e branco das raparigas esbeltas nos seus vestidos de anos 40 e cabelo puxado para trás em ondas.

A minha avó era a mais bonita (ou pelo menos assim sempre o achei eu) e demorava-me muitas horas na contemplação de uma fotografia em que ela parecia uma actriz de cinema, desejando vir a ser assim quando crescesse.

Hoje só reparo neste dia porque há invariavelmente alguém a vender raminhos murchos no meio da cidade, a 2 euros cada!
(assim se perde a poesia!)

Feliz dia da espiga Dona Adélia! (ainda com ar de actriz de cinema aos 80 anos!)

3 Comments:

Enviar um comentário

<< Home