Dias mãeores

um blog de mãe para recuperar o tempo perdido em dias sempre mais curtos que o desejado

quarta-feira, julho 05, 2006

Biblioteca Digital



O primeiro livro electrónico apareceu há 35 anos!
Tem portanto a minha idade e um futuro provavelmente mais promissor que o meu.
Para mim, que cresci rodeada de livros dos outros, falta-lhe materialidade, o cheiro do papel impresso, a sensualidade do gesto de folhear mas reconheço-lhe outras virtudes pelo que não quero que este seja um post nostálgico.

Para comemorar esta data o site http://worldebookfair.com/ disponibiliza um acesso gratuito para mais de 300.000 livros em formato e-book.
Entre 04 de Julho e 04 de Agosto podem fazer os download’s que quiserem sem custos.
É um caso de acessibilidade e democracia digitais que vale a pena explorar.


P.S. este espaço de conversas está também a ficar demasiado virtual, taõ virtual que as ideias não chegam a plasmar-se neste écran e as histórias não fluem como dantes. Desculpem, é um problema técnico que tentaremos resolver brevemente.
Possivelmente será preciso comprar um relógio com mais horas!

6 Comments:

  • At 06 julho, 2006 07:57, Blogger daniel said…

    Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

     
  • At 06 julho, 2006 07:58, Blogger daniel said…

    Um relógio com mais horas para que os dias fossem ainda maiores.

    Será que com dias maiores e com mais horas, envelheciamos mais devagar?

     
  • At 06 julho, 2006 08:09, Blogger daniel said…

    Curioso. Será que alguém que faz o "download" de um ebook resistirá à tentação de o imprimir e encadernar em argolas de plástico com uma folha de acetato a fazer de capa?

    Deixará o dito então de ser electrónico... ou não?

     
  • At 06 julho, 2006 13:04, Blogger jordi said…

    Ou fazer talvez fazer uma bomba relógio e deixá-la nalgum sítio estratégico, Ih ih ih....

     
  • At 06 julho, 2006 13:05, Blogger jordi said…

    deleatur o primeiro "fazer"

     
  • At 06 julho, 2006 14:57, Anonymous Paimicaemdesacelaração said…

    Se os dias fossem maiores, a Manamagana ainda precisava deles "mais grandes".
    Um ciclo vicioso de dias cada "mais grandes" só seria alcançado se atingissemos a velocidade da luz. E nessa altura deixavamos de envelhecer. É por isso que ela anda sempre tão acelerada.

     

Enviar um comentário

<< Home