Dias mãeores

um blog de mãe para recuperar o tempo perdido em dias sempre mais curtos que o desejado

segunda-feira, março 19, 2007

P de Pai!






Pê de pai, de Isabel Martins (texto) e Bernardo Carvalho (ilustrações)
Planeta Tangerina
Que me desculpem todos os outros leitores (sobretudo os que se têm queixado de que isto mexe pouco - o que é perfeitamente verdadeiro!), gente dedicada por quem nutro sincero respeito, mas hoje o meu post é para o homem que me carregava às cavalitas, me acordava de manhã, me fazia o pequeno-almoço, me fazia o lanche e me levava à escola por estradas de sentido proibido à hora de ponta.
O homem por quem desejei desesperadamente ter um bigode (e que depois de me ver chorar desalmadamente por as meninas não poderem ter bigodaças me disse, deixa lá, um dia se quiseres muito hás-de ter um! - praga que felizmente não se concretizou).
Pai, és do Basílio!

1 Comments:

  • At 20 março, 2007 17:05, Anonymous Paimica said…

    O Basílio que é primo do Emílio e tem uma mina de berílio lá no Brasilio, apesar da nossa cumplicidade sempre me invejou. Por maior que fosse a sua riqueza mineral nunca poderia conseguir a fortuna de ter os filhos que tenho. A utopia dos sonhos e desejos foi-se projectando na realidade do tempo. A felicidade de ter sido escadote, sofá, despertador e demais actividades afins foi do Basílio! A disponibilidade para continuar a ser sofá, escadote, despertador e demais actividades afins é minha. Venham eles. O que vai ser do Basílio!
    Beijos
    Paimica

     

Enviar um comentário

<< Home