Dias mãeores

um blog de mãe para recuperar o tempo perdido em dias sempre mais curtos que o desejado

segunda-feira, dezembro 01, 2008

Alentejo



3 dias de frio intenso entre o sol e a chuva, naquela luz extraordinária que só as nuvens tempestuosas conseguem filtrar

Etiquetas:

4 Comments:

  • At 02 dezembro, 2008 16:14, Anonymous mãezita said…

    Valeu o frio para filtrar esta luz que ilumina a tua fotografia e que ilumina quem a olha. Belíssima.
    mãezita

     
  • At 02 dezembro, 2008 23:17, Anonymous floresta de folha caduca said…

    Apesar da objectiva partida, gostei imenso da foto.
    Obrigada pelo almoço

     
  • At 03 dezembro, 2008 09:52, Anonymous Anónimo said…

    A arte a vida têm destas coisas: quantas vezes um imprevisto, um capricho das condições de trabalho não dá origem a obras-primas irrepetíveis? Cansados de ver a intervenção do acaso, insistimos em não contar com ele.

    Júlio Roberto de trazer por casa

     
  • At 04 dezembro, 2008 07:43, Anonymous Quercus suber said…

    Eu não sei, que tenho em Évora,
    que de Évora me estou lembrando.
    Ao passar o rio Tejo as ondas
    me vão levando...

    Abalei do Alentejo
    olhei para trás chorando
    Alentejo da minha alma
    Tão longe me vais ficando.

    Tenho saudades da planície alentejana... ai ai...

     

Enviar um comentário

<< Home