Dias mãeores

um blog de mãe para recuperar o tempo perdido em dias sempre mais curtos que o desejado

sexta-feira, janeiro 30, 2009

águas mil


O encerramento forçado é difícil de gerir.
A chuva intensa lá fora, os dias líquidos de escorrência lenta e tempos estagnados.
Dir-se-ia que o mundo se afoga inteiro num cinzento triste como um eterno amanhecer.

4 Comments:

  • At 30 janeiro, 2009 22:28, Anonymous alguém que te quer bem said…

    "Dir-se-ia que o mundo se afoga inteiro num cinzento triste como um eterno amanhecer."
    Um eterno amanhecer que não tem que ser cinzento. Outras cores ganham protagonismo que de outra forma não o teriam. Tudo tem o seu encanto, claro que este é diferente e apela a uma nostalgia que não se sabe de onde vem. Gosto das gotas que caiem e ficam presas nos raminhos e folhas dando-lhes um enfeite brilhante enquanto esperam pelas folhas e flores que breve chegarão. Enquanto tiver somente esta intensidade, a chuva uma benção reabastecendo poços, lençóis freáticos, rios, como que uma veia pulsando de vida.
    Um abraço, um sorriso e uma foto
    http://1.bp.blogspot.com/__EVlnGvZWXI/SYJbrtpeoFI/AAAAAAAAAdA/vE55lGaBIoU/s1600-h/3.JPG

     
  • At 31 janeiro, 2009 14:07, Blogger Pé na estrada said…

    Este comentário foi removido pelo autor.

     
  • At 01 fevereiro, 2009 12:09, Blogger Pé na estrada said…

    Este comentário foi removido pelo autor.

     
  • At 01 fevereiro, 2009 17:59, Blogger Pé na estrada said…

    ui, acho que apaguei vários comentários meus...
    mania de fazer experiências nos blogues... sorry...

     

Enviar um comentário

<< Home